Sociedade Brasileira de Coloproctologia busca atualizar recomendação para rastreamento de câncer col


A Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP) trabalha para atualizar sua recomendação do rastreamento de câncer colorretal a partir dos 45 anos de idade para pessoas sem histórico de tumor na família ou pólipo no intestino. Antes a recomendação mundial era a partir dos 50 anos. A nova orientação foi informada Sociedade Americana de Câncer.

A recomendação atual da SBCP é que as pessoas que não apresentem históricos da doença na família, procurem um proctologista para realização do exame de sangue oculto nas fezes e da colonoscopia, a partir dos 50 anos. Já os que possuem casos, devem procurar 10 anos antes, assim como pessoas que possuam doenças inflamatórias intestinais.

Segundo um levantamento feito pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), para 2018 e 2019, o câncer colorretal deve atingir aproximadamente 36.360 pessoas.

A nova recomendação tem como base um levantamento realizado pela entidade americana, que apontou o crescimento de câncer colorretal em jovens adultos e visa aumentar as chances de cura da enfermidade. No estudo, foi concluído que nascidos dos anos 1990 terão o risco dobrado para câncer no cólon e quadruplicado para tumores no reto, quando comparados às pessoas nascidas nos anos 50.

Atenção

Segundo a SBCP, é necessário ter atenção aos sintomas da doença, como a mudança prolongada dos hábitos intestinais, fezes escuras ou com sangue, fraqueza e perda de peso.

As prevenções para a diminuição dos riscos de desenvolver o câncer colorretal são: a ingestão diária de frutas, vegetais, cereais; diminuir o consumo de alimentos processados, praticar atividades físicas, diminuir o consumo de carnes e alimentos processados. Não fumar também é uma forma de prevenção e evitar consumo excessivo de bebidas alcoólicas.


Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©  2018. Hospital Cliom. Criado por Decolô Comunicação.

R. Dr. Albino Magalhães, 91 - Farol, Maceió/AL, 57050-080 

082 3311-4551

082- 3336-4549