Paciente oncológico pode consumir bebida alcoólica? Nutricionista do Cliom explica

September 18, 2018

 

É normal muitas pessoas questionarem sobre o consumo de determinados alimentos durante o tratamento oncológico. Mas e o uso da cerveja ou de qualquer outra bebida alcoólica? Será que o paciente em tratamento quimioterápico pode ingerir certas quantidades?

 

Para a nutricionista do Cliom, Alzira Dias, não há necessidade nutricional do uso do álcool, tendo em vista que bebidas alcoólicas podem potencializar os efeitos de algumas medicações. “Além de propiciar a obesidade e outras diversas doenças”, explicou.

 

No entanto, Alzira explicou ainda que a ingestão de álcool é um fator que além de atrapalhar consideravelmente o tratamento do câncer, pode ser um dos fatores de desenvolvimento para o câncer. “Estudos demonstram que o uso de bebidas alcóolicas aumenta os níveis de estrogênio endógeno e pode provocar alterações nas células mamárias, transformando-as em tumores malignos, o que potencializa o risco de câncer de mama”, expôs.

 

Alzira também informou que a American Society of Clinical Oncology (ASCO) declarou pela primeira vez formalmente que o consumo de bebidas alcoólicas é um fator de risco para vários tipos de câncer, sendo potencialmente modificável. “Além disso, a sociedade de oncologia acredita que sua nova ‘postura pró-ativa’, com o objetivo de minimizar o consumo de excessivo de bebidas alcoólicas, tem implicações importantes para a prevenção do câncer”, completou.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags