Oncologista esclarece dúvidas sobre processos químicos estéticos após quimioterapia

O tratamento quimioterápico gera dúvidas nas pacientes mesmo após o término. Um dos questionamentos são acerca dos procedimentos estéticos que possuem química, como pintura a pintura capilar. Durante o tratamento, a recomendação é que não seja realizado nenhum desses procedimentos, conforme a oncologista do Hospital Cliom, Amanda Lima.

 
"Muitos quimioterápicos já irão causar a fragilidade capilar, sendo um dos efeitos colaterais mais comuns do tratamento", explica. No entanto, a especialista explica que geralmente em quatro ou seis semanas após o término do tratamento, o paciente já pode utilizar algum produto com química, como a tintura capilar. 


"Se o paciente faz depois que terminou, não costuma ter nenhum efeito colateral nem algum sintoma associado. O que pode chegar a acontecer é uma irritabilidade no local, devido a fragilidade do couro cabeludo após o tratamento oncológico", explica. 


Ela recomenda que não sejam utilizados produtos que contenham amônia, já que pode causar irritação no local e ser tóxica caso seja inalada durante a aplicação. 
 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags