Agosto Lilás: Terceiro câncer mais comum entre mulheres pode ser evitado

 

A campanha Agosto Lilás visa conscientizar a população acerca do câncer do colo do útero. A doença ginecológica, que geralmente acomete mulheres acima de 25 anos, é mais comum nos países subdesenvolvidos, sendo o terceiro câncer mais comum entre as mulheres e a quarta principal causa de morte por câncer entre elas. No entanto, ela pode ser evitada, de acordo com o Cirurgião Oncológico do Cliom, Diego Nunes. 

 

"É muito importante que haja a conscientização por ser uma patologia evitável na grande maioria dos casos. Em 90% deles, a doença está relacionada a infecção pelo HPV, vírus transmitido sexualmente", explica o especialista. 

 

Após a infeção pelo HPV, leva em média 10 anos para que ocorra o surgimento da doença. Durante este período, é possível diagnosticar a infecção e tratar a paciente antes do desenvolvimento do câncer. 

 

"O primeiro cuidado é evitar o contato com o vírus, através do método de barreira, como o uso de preservativo. Além disso, hoje em dia está disponível a vacinação contra o HPV, para homens e mulheres, que protege contra infecção dos subtipos mais prevalentes e os com maior capacidade de causar a doença", pontua.

 

Outro método destacado pelo médico é através dos exames de rastreio, como colpocitologiaoncótica, teste de schiller, colposcopia com biópsia de lesões suspeitas, entre outros. "Tomando esses cuidados, temos como diminuir o índice de mulheres com HPV. As que já possuem lesões pré-malignas, temos como tratar antes de virar o câncer, e as que já possuem o câncer, diagnosticar de forma precoce e tratar com intuito curativo", explica o cirurgião oncológico. 

 

 


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square