Quase 900 casos de câncer de próstata são estimados para 2020 em AL; especialista fala sobre importância do diagnóstico precoce

October 30, 2020

 

A campanha Novembro Azul visa conscientizar a população, em especial os homens, sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino que produz e armazena parte do fluido seminal. Em Alagoas, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa é que sejam diagnosticados 890 casos no estado em 2020. Já na capital, Maceió, são estimados 300 novos casos. 

 

Segundo o Urologista do Hospital Cliom, Welington Porciúncula, o câncer de próstata é o tumor mais comum em homens acima de 50 anos. “Os fatores de risco incluem idade avançada, histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais, sedentarismo, excesso de peso e certos hábitos alimentares. É muito importante que, principalmente após os 50 anos, sejam realizados os exames preventivos”, explica o médico.  De acordo com o especialista, homens que apresentam fatores de risco mais elevados como histórico da doença na família ou negros devem iniciar os exames aos 45.

 

Na fase inicial da doença, na maioria dos casos, o câncer de próstata cresce lentamente e não apresenta sintomas. Já os tumores em estágio mais avançado podem ocasionar dificuldade de urinar e presença de sangue na urina.  “Quando o câncer começa a apresentar os sintomas é porque a doença já está avançada. Por isso é necessário realizar os exames de forma regular para identificar a doença no início, com maior taxa de cura e menos danos ao paciente”, pontua o Urologista do Cliom. 

 

 A suspeita clínica da doença é feita através do exame físico, o toque retal, e também o laboratorial, que é a dosagem do PSA. Caso seja identificado o alteração da glândula e/ou aumento progressivo no PSA sugestivo de câncer, deve ser solicitada uma biópsia para confirmacão ou exclusão da doença.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags