Especialista tira dúvidas sobre vacinação em pacientes oncológicos

 

 

Neste sábado (4), acontece o dia "D" da vacina contra a gripe em todo o país. A campanha nacional teve início em abril e vai até o dia 31 de maio para os grupos prioritários. Para os pacientes oncológicos, surge a dúvida acerca de poder ou não ser imunizado.


O Oncologista do Hospital Cliom, Dr. José Ademir, explicou que existem diferentes tipos de vacinas. As que são feitas com vírus ou bactérias vivas, não podem ser tomadas pelos pacientes que fazem tratamento quimioterápico, devido a baixa imunidade. "O paciente pode vir a desenvolver a doença contra a qual foi vacinado", explicou.


Mas esse não é o caso da vacina de gripe, que entra no grupo de vacina de vírus mortos, então o paciente oncológico está liberado para tomar. No entanto, o paciente precisa estar ciente de que a vacina pode não ser eficaz devido ao sistema imunológico.


 "O que pode vir a ocorrer nesses casos é que por causa da imunidade baixa, a vacinação pode não ser eficaz, ou seja, o organismo não desenvolver anticorpos contra a doença para qual foi vacinado. No entanto, nesse caso não há o risco de desenvolver a doença através da vacinação", disse o Oncologista. O especialista aconselha os pacientes com câncer a recorrer ao médico antes da vacinação. 

 

 

 


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags